O mercado de escritórios de alto padrão do Rio de Janeiro registrou absorção líquida positiva no terceiro trimestre de 7,4 mil m², cenário oposto ao do período anterior. O maior volume de ocupações ocorreu na região do Porto, com 13,6 mil m². Centro, Cidade Nova e Orla contribuíram negativamente para o índice, com diversas saídas de pequenos conjuntos.

“Não houve entrega de novo estoque no mercado carioca no terceiro trimestre. Porém, ainda não há previsões que sinalizem queda na taxa de vacância nos próximos meses”, afirma Gustavo Garcia, Head de Pesquisa e Inteligência de Mercado para América do Sul.

Mercado de escritórios AA+ do Rio de Janeiro x Absorção líquida no 3º trimestre:
Porto: 13,6 mil m²
Zona Sul: 210 m²
Cidade Nova: – 1,1 mil m²
Orla: – 1,2 mil m²
Centro: – 4,1 mil m²