O mercado de condomínios logísticos do Rio de Janeiro registrou em junho o sexto mês consecutivo sem novas entregas. “Os proprietários continuam postergando novos projetos e aguardando sinais da recuperação econômica”, afirma Gustavo Garcia, Head de Pesquisa e Inteligência de Mercado.

A absorção líquida no segundo trimestre foi pequena, porém positiva em 12 mil m², o que gerou uma queda de 0,7 ponto percentual na taxa de vacância, fechando em 27,5%. Refletindo a desaceleração do mercado, os preços pedidos médios para locação registraram decréscimo de 1,6% no período e o metro quadrado está cotado a R$ 22,8 ao mês.