Julho foi o sétimo mês consecutivo sem entrega de novo estoque de empreendimentos industriais no Estado do Rio de Janeiro, uma vez que os proprietários seguem postergando novos projetos. A absorção líquida foi pequena no mês, porém ainda positiva, totalizando 3,5 mil m². O cenário foi oposto na comparação com o mês anterior, quando foi apontado um índice negativo de 2,2 mil m².

A taxa de vacância segue caindo, atingindo 27,3% em julho. Por causa da desaceleração do mercado, os preços médios pedidos para locação sofreram um ajuste de -0,9%, encerrando o ciclo em R$ 22,6 por metro quadrado.