Montando um coworking: vantagens e desafios

Quando o assunto é investimento imobiliário, os espaços de coworking se mostram uma opção interessante para quem deseja ter um negócio rentável e estável a longo prazo. 

Diferente de uma laje comercial, em que o investidor tem um único inquilino, o coworking permite que vários locatários paguem uma mensalidade para utilizar o ambiente.

Com isso, o ticket médio se torna mais atrativo para o empreendedor e ainda existe a possibilidade de aumentar os lucros com serviços complementares destinados aos coworkers.

Se você ficou interessado nesta opção de investimento, é preciso se atentar a alguns fatos:

 

1. Escolha do imóvel certo

Dimensões amplas, boa ventilação e iluminação natural são algumas características fundamentais para projetar um espaço de coworking. O ideal é que o imóvel tenha pelo menos 170 m² para garantir uma boa divisão das áreas de trabalho.

A localização é outro ponto importante: regiões com intenso fluxo de pessoas e bairros comerciais são as melhores opções para estruturar um coworking.

Coworking

2. Arquitetura e mobília

Espaços de coworking devem ser compostos de forma moderna e funcional, visando o conforto e a produtividade. A começar pelo mobiliário, é recomendável priorizar peças ergonômicas e resistentes. Mesas espaçosas, cadeiras reguláveis e armários organizadores são “obrigatoriedades” em qualquer coworking.

Já no que se refere à arquitetura geral, é importante estar atento ao piso e revestimentos. Tudo deve ser pensado para proporcionar conforto térmico, acústico e visual, criando um ambiente perfeito para várias horas de trabalho.

 

3. Criação de espaços de convivência

Um coworking não é somente espaço de trabalho compartilhado, mas um local que transforma o cotidiano profissional, garantindo uma rotina mais saudável e equilibrada.

Por isso, a criação de áreas de convivência, café e descanso é o diferencial dos melhores coworkings. Além de deixar a atmosfera mais criativa, essas áreas estimulam a troca de ideias e networking entre profissionais.

 

4. Construção de uma comunidade profissional

É importante compreender que esse tipo de espaço exige muito mais que um mobiliário ergonômico. Tenha em mente que você não estará apenas alugando ambientes de trabalho, mas construindo uma verdadeira comunidade de profissionais.

Além da infraestrutura básica, com rede de internet e telefonia, um coworking de sucesso deve oferecer diferenciais como: consultorias de negócio, escritório virtual, assessoria contábil, entre outros. Também é importante manter uma identidade original, com princípios ecléticos que possam agradar diferentes perfis de profissionais.

Se você pretende montar um espaço de coworking, entre em contato com a Cushman & Wakefield. Oferecemos consultoria imobiliária completa que pode nortear todos os aspectos do seu projeto, desde a escolha do imóvel até a finalização do espaço.